segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Vale tudo?

Será que vale tudo somente para levar a água ao seu moinho? Pessoalmente, sei a resposta de cor: NÃO!
Infelizmente, para outros não é bem assim, ou seja, são capazes de prometer este mundo e o outro, e de distorcer a realidade da forma que lhes der na gana, e tudo para puxar a brasa à sua sardinha.

Será que eu é que estou errada? Não foram esses os valores que me incutiram, nem são os que transmito aos meus filhos. Mas... hoje em dia, mais que nunca, as pessoas só se interessam pelos seus interesses e vontades e que estas sejam satisfeitas, passando por cima de quem quer que seja. É caso para dizer que até vendem a mãezinha por tuta e meia, se preciso for!

De uma coisa tenho a certeza, amizades destas não interessam a ninguém. E também sei que cada um destes golpes me vai endurecendo e ensinando que às vezes dou demasiado valor  quem não merece nenhum.

E queira Deus, eu me mantenha fiel aos meus princípios e valores, e que possa sempre ajudar quem precise, mesmo que não o mereça.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Bad timing?

Destas acontecem só mesmo à minha pessoa!

Depois de um ano, como aconteceu isto? Nem eu sei explicar...
Depois de tanto andar às turras, depois de acalmar, depois de constatar que afinal o amor ainda cá estava...
não sei bem o que se passou, mas adorei estar nos teus braços novamente!
O "se" desta história é que isso foi acontecer na véspera da minha partida, so... what's the point?
Foi só para nos relembrar do que é bom e nos magoar ainda mais?
Explica-me como se eu fosse muito burra ou tivesse dois anos (se tu próprio o puderes entender, é claro!).

Esta situação só dificulta a minha adaptação, pois a cabeça e o coração ficaram contigo.
Será que ainda temos solução, ou isto tudo não passou de um bad timing?

More than ever... I love you!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Cheias de Verão

Olhos inchados, lábio inferior a tremer, pernas bambas e dor de cabeça permanente. É como a minha pessoa se apresenta! Tou farta de tanto chorar!
E como se não bastasse tanto choro, ainda me fazem chorar mais um bocadinho! Recebo presentes dos meus meninos, recebo montes de abracinhos, ouço muitos "vamos ter saudades suas!" ou "fique!". Recebi um bolo enorme a dizer "bye-bye".
Fuck! Ainda faltam dois dias...

Buaaaaaaaaaaa

NOTA: Nem com este calor eu desidrato e paro de chorar! Os meus fontanários estão em produção permanente.

sábado, 24 de julho de 2010

"...onde só chega quem não tem medo de naufragar!"

Velha vida vs Vida nova

Porque será que apesar de estar a preparar-me para uma nova etapa eminente, nestes derradeiros dias sinto-me como se estivesse a morrer?
 São despedidas atrás de despedidas de pessoas queridas e que não se sabe quando será o próximo encontro!
 Numa altura em que o que mais necessitava era energia, sinto-me totalmente sem forças, sugada pela má onda da tristeza. É que apesar de saber que se vai para melhor, sente-se sempre falta das coisas boas que já foram vividas e com quem foram!
Os rios de lágrimas que tem sido chorados e os que ainda estão por vir nos próximos dias...

Por estes dias estou assim, a morrer para renascer!

Snif

domingo, 4 de julho de 2010

Os ensinamentos dos 30

"A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás... mas só pode ser vivida, olhando-se para frente!"
Soren Kierkergaard


Frase sábia!

Além de compreender que tudo na minha vida tem tido uma razão de ser (nem todas válidas), aprendi que tudo é aprendizagem e que, acima de tudo, há que apreender e seguir em frente. Porque para é a morte do artista!!!

Venham de lá mais aprendizagens e o futuro, que as costas são largas, e apesar de a bagagem pesar por vezes, também tenho alguns bons suportes na minha vida que me ajudam a aguentar "firme e hirta".


OMG

Virgiiii Mariaaaa!! 

São 2, Senhor! Du-as! 1+1=2!  
Existem mais malucas por ai do que eu julgava! Enfim... espero que gostem!

Bienvenidas ou lá como se escreve...

:D

Pólo Norte

Bem que eu escrevi que alguem que fosse seguidor seria maluco concerteza.
Já há algum tempo que leio o seu blog (suficiente pra saber que de maluca tem muitoooo). 
Mas daí a ser seguidora do meu canto? Uau!

Bem-vinda aqui ao estaminé. Espero que não se desiluda cá com os meus devaneios...

Beijinho

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Que neura...

Decididamente tenho que arranjar uma recta ou uma ponte e os devidos acessórios (micro-saia para a recta ou pesos e cordas para a ponte)!

Irra mais a porra da vida que me dá voltas e voltinhas, e eu à nora!

Ok, ninguém disse que a vida ou as mudanças que nela ocorrem são fáceis, mas C#$%#&#&, é pesado demais às vezes!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Ainda... saudades

Doi... como doi a falta que tu me fazes? A falta do "nós" como um só!
A falta do teu lugar vazio à mesa, na cama, na familia, enfim, na vida!
E o pior é que não tenho que aguentar só a minha dor, mas também a deles!
É uma carga que se revela cada vez mais pesada para mim, e, apesar de sabermos que dávamos tudo para estar juntos outra vez, não resultaria!

Mas...




...continuo a amar-te...

terça-feira, 13 de abril de 2010

Saudades

Hoje caiu a moeda!

TENHO SAUDADES!!

Saudades...
... do teu beijo no meu peito após fazermos amor!
... do teu braço ao meu redor enquanto dormiamos!
... de ouvir a tua voz chamar-me "amor"!
...das tuas mãos e da tua boca percorrendo o meu corpo!
...do teu riso e da tua habilidade de fazer-me rir sem parar!

Enfim, dessas e de muitas mais coisas!

Apesar de tudo tenho saudades de ti e do que formavamos os dois!

Continuo a amar-te...

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Manual de intruções

Porque é que não nos é fornecido um para sabermos "funcionar" com os nossos filhos?

Tenho a cabeça em água com os meus!

Se estão separados, só falam um no outro e querem estar juntos.

Quando estão juntos é um INFERNO! Discutem, batem-se,choram, esperneiam...

Se houvesse, eu comprava um quilinho de paciência, porque a minha atingiu limites históricos!

Já não sei como lidar com isto!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Voltas da vida

Visualizo um novo looping na minha vida! Não sei se é só crise de idade(brevemente entro nos "inta"!), mas o certo é que estou a morrer de medo. Medo de mudar, medo de não dar certo, medo de em vez de fazer o certo pela vida dos meus pimpolhos, só a complicar ainda mais.

Por outro lado, sei que agir com o coração e com a mente é o certo, pois não aguentarei muito mais tempo a situação actual, e não posso (nem quero!) viver mais dependente da ajuda de outros.

Por isso: é hora de apertar o cinto de segurança, respirar fundo e deixar que a montanha russa me leve a um bom destino.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Hoje vi-o

O que sinto? Sei lá! Um misto de amor, compaixão e repulsa. Amor por saber do que é (ou foi) capaz; compaixão por saber que toda a sua vida foi imperfeita; repulsa pelo que sei-o capaz de se tornar, bem longe daquilo por que me apaixonei há muito tempo atrás!
Mas vi-o!
Falei, escutei e no fim... nada mudou.Uma convivência cordial, mas fria, quase formal demais.
Ainda não sei bem se fiquei feliz ou não, mas... VI-O!

Mergulho de olhos fechados...

... neste novo mundo, só para os meus desabafos e desaires; só porque sim! Porque quando a vida é demasiado imperfeita, falta-me, ás vezes,com quem falar e dizer o realmente me vai na alma, sem mascaras de felicidade ou tranquilidade.

E assim começa uma vida... imperfeita, como uma bela rosa esconde os seus espinhos!